Ginóide ou Andróide?

 

 

 

Em vários países do mundo e principalmente no Brasil, onde predomina uma miscigenação de raças e culturas, a busca pela perfeição aparece em constante crescimento devido às influências de padrões de beleza impostos pela sociedade.

 

Devemos lembrar que não existe um padrão ideal, visto que fatores genéticos irão interferir na composição corporal, onde a “silhueta” é determinada por fatores como sexo, meio ambiente, alimentação, idade, entre outros e os locais de armazenamento da camada adiposa também irão ser influenciados por estes fatores e pelo formato corporal de cada indivíduo.

 

O tecido adiposo está localizado na hipoderme e possui funções de extrema importância, tais como armazenamento de energia (triglicerídeos), absorção de “choques” mecânicos, isolante térmico, modelagem corporal e auxílio na fixação dos órgãos (gordura visceral).

 

Ginoide01

 

A gordura poderá apresentar-se depositada em excesso na região mais central do corpo, em região abdominal, onde esta obesidade é conhecida como andróide e se apresenta de forma mais predominante no sexo masculino, popularmente conhecida como corpo em forma de Maçã.

 

Nessa região, a gordura mais predominante é a visceral, sendo que esta oferece maiores riscos à saúde, pois está diretamente relacionada com doenças cardiovasculares, diabetes e outras alterações metabólicas.

 

Ginoide02

 

Quando a gordura se localiza em regiões periféricas, tais como coxas e glúteos, denominamos este padrão como ginóide, com maior incidência no sexo feminino, e este biótipo também é conhecido como Pêra.

 

Este acúmulo pode acontecer por hipertrofia das células adiposas, onde elas aumentam de tamanho, ou por hiperplasia, que se caracteriza pelo aumento do número de células do tecido adiposo durante a infância, adolescência e período gestacional.

 

Uma avaliação minuciosa deverá ser feita para que possamos distinguir estas predominâncias, assim como a espessura destas camadas e demais características orgânicas para que o tratamento seja elaborado pelo profissional de acordo com a necessidade, tal como associação de massagens, máquinas e dermocosméticos.

 

É de extrema importância à associação da Estética com uma equipe multidisciplinar, tal como Nutricionista, Educador Físico, entre outros, pois estes profissionais utilizarão recursos que irão potencializar o tratamento de maneira endógena e exógena, obtendo resultados mais rápidos e duradouros.

 

 

 

 

Sylvia Bravo

Sobre Sylvia Bravo

Graduada em Fisioterapia pela ESEHA – Associação Pestalozzi de Niterói - 2003 | Mestranda em Nutrição e Biotecnologia Alimentar pela Fundação Universitária Iberoamericana | Pós-graduada em Acupuntura - Biocorpus – Recife - 2005 | Formação em Acupuntura Estética, Craniana e Auricular | Formação em Reeducação Postural Global (RPG/RPM) | Formação em Pilates com bola, solo, aparelhos e acessórios | Diversos cursos na área de Dermato-Funcional | Formação em Drenagem Linfática Manual | Cessionária e Pioneira na Cidade de Niterói para a realização do Método de Emagrecimento 5S.