CRIOFREQUÊNCIA,  O QUE É?

Oláaaaa pessoas, tudo bem com vocês?

 

Hoje vamos falar um pouquinho sobre os pontos altos da terapia de Criofrequência. Terapia essa que vem ganhando muito espaço tanto em mídias sociais como em mídias televisivas. 

 

Mas afinal o que é a criofrequência?

 

Bom, ela nada mais é do que uma Radiofrequência que possui um aplicador resfriado a -10 graus. Só isso!!! Só que não…rs….

 

Mas Gio! Péra! Para tudo!!! Se ela é uma Radiofrequência, por que eu não faço a que a minha esteticista já tem?? Vou pagar muito mais por isso???? Calma meninas e meninos…Claro que não!!!

 

Vamos pelo início…

 

O princípio da radiofrequência é gerar o aquecimento principalmente da derme profunda, onde há maior concentração de fibras de colágeno.

 

No mercado de alta tecnologia não se busca somente os melhores resultados e sim obtê-los em menor tempo.

 

A vida das pessoas está cada vez mais corrida e como o ditado já diz: Time is Money!!!

 

Os equipamentos de radiofrequência existentes no mercado demandam de muito tempo para alcançar os resultados estimados, isso porque existe uma série de modelos e equipamentos que varia muito de fabricante para fabricante.

 

Não há uma padronização e… se vocês pensarem bem, essa é uma das questões que fazem uma marca: O diferencial!!

 

Mas voltando as diferenças de tecnologia, geralmente as radiofrequências de cabine vão de 40 a 120 Watts de potência, quanto maior essa potência mais rápido conseguimos aquecer o tecido.

 

Em um protocolo de atendimento, basicamente aquecemos a epiderme de 38 a 45 graus, mantendo esse aquecimento na área a ser trabalhada (quadrante), por aproximadamente 3 a 7 minutos, isso sempre verificando com o auxilio de um termômetro e reação do paciente.

 

 

Ou seja, nós profissionais, dependemos que vocês pacientes suportem a temperatura que precisamos alcançar para desencadear uma série de cascatas  biológicas.

 

Ponto esse sendo o mais dificultoso para os aplicadores, demandando mais tempo para a sessão,  ou ainda,  exigindo que viremos um polvo para manipular o aplicador, tela com parâmetros, termômetro, dar e manter  atenção no paciente e relógio!

 

A tecnologia de criofrequência contém em seu cabeçote um sistema de pastilhas peltiers cold, que permitem resfriar essa ponteira a níveis muito abaixo de zero.

 

Isso é possível devido uma tecnologia disponível no mercado mundial, promovendo os melhores resultados de flacidez e gordura localizada em um curto espaço de tempo.

 

Mas só o frio vai fazer isso?

 

Não amados, acontece que se a nossa maior dificuldade é garantir um aquecimento uniforme, eis o primeiro bônus que temos: uma sensação agradável, refrescante e extremamente confortável ao paciente! Mas não para por aí.

 

O segundo bônus: O lifting por choque térmico  gera uma tensão instantânea da pele, tendo um efeito desintoxicante, aumentando os níveis de oxigenação dos tecidos, uma vez que dilata os vasos sanguíneos que irrigam a pele.

 

Há então uma diminuição de edema e aspecto fibrótico da pele, promovendo assim, esses impactantes resultados, na maioria das vezes imediatos, com apenas alguns minutos de sessão.

 

O terceiro ponto e não menos importante: Como o frio engana essa sensação térmica e traz conforto, os fabricantes conseguiram aumentar consideravelmente a potência em Watts de 100 para cerca de 1050 Watts de potência!!!!

 

 

Tamanha potência permite maior acúmulo de energia que qualquer outra radiofrequência disponível no mercado.

 

O aumento da potência seria extremamente perigoso sem essa combinação, por esse motivo o sistema de frio intenso que também tem como função garantir o controle de temperatura, dispensando o uso do termômetro.

 

Portanto, partindo desse princípio podemos dizer que a terapia Criofrequência é a evolução da Radiofrequência!!! Gente estou apaixonada!!!

 

Os benefícios da terapia então:

 

  • conforto durante a sessão;
  • diminuição de edema;
  • diminuição do aspecto fibrótico;
  • diminui o aspecto celulitico;
  • promove o alivio de dores devido aos problemas circulatórios;
  • desestabiliza o metabolismo local;
  • reduz consideravelmente medidas;
  • promove lifting facial imediato;
  • diminui a tão sonhada papada em minutos milagrosos.

 

Confira os resultados imediatos!!!:

 

 

 

 

Mas quanto aos resultados. Duram quanto tempo?

 

O lifting por choque térmico cruza com o pico de colágeno, sendo estimulado por mais 4 meses. Em relação à gordura esta fica disponível no organismo para ser metabolizado como fonte de energia.

 

Quantas sessões são necessárias e como funciona manutenção?

 

O tratamento completo pode variar de 6 a 8 sessões com intervalos semanais ou quinzenais. Após 3 meses é feita uma reavaliação. A manutenção na maioria dos casos é a cada 6 meses.

 

Quanto tempo vou ficar em cabine?

 

O tempo de tratamento de 1 área pode variar de 4 a 12 minutos de acordo com a avaliação pré-procedimento.

 

Esse tempo vai variar muito com a área a ser tratada bem como outros fatores identificados na consulta.

 

É possível realizar o tratamento em várias áreas no mesmo dia, respeitando o intervalo mínimo de 7 dias para cada sessão.

 

Que tal marcar uma avaliação com a sua profissional para descobrir quantos minutos você precisa para ficar ainda mais linda(o) ???

 

Espero ter esclarecido algumas dúvidas, fique a vontade para comentar e fazer mais perguntas!!

 

 

Um grande beijo até a próxima.

Gio

 

 

 

Giovana Valente

Sobre Giovana Valente

Esteticista | Experiência profissional de 5 anos com Criolipólise | Criadora do método Divisão térmica | Consultora de multimarcas com experiência de 15 anos no mercado de estética | Sócia proprietária na empresa Localmed Equipamentos | Administradora em Locação de Criolipólise atualmente com 6 mil seguidores | Assessora da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica – Regional SP nas gestões de 2004 a 2006 | Assessora da Sociedade Brasileira de Células-Tronco de 2007 a 2008 | Colaboradora administrativa no livro: “História da Regional SBCP”.