A Fitoterapia aplicada à estética: A incorporação de chás nos tratamentos

 

 

 

O poder da fitoterapia já é bastante conhecido pela medicina ayurveda, para muitos que não sabem, nossa medicina foi oriunda dela.

 

Devido à influência do modelo biomédico, a fitoterapia foi perdendo lugar para os fármacos e consequentemente muitos profissionais deixaram de atuar com os fitoterápicos.

 

A ortomolecular é uma subárea da fitoterapia, porém atua de forma focada no perfeito funcionamento das moléculas.

 

O movimento que vem se destacando na estética é a busca de tratamentos fisiológicos que atuem nos diversos processos metabólicos e que sejam naturais, ou pelo menos, o mais orgânico possível.

 

Logo entramos com a fitoterapia, que tem como subáreas a ortomolecular, a aromaterapia clínica , homeopatia, moxa bastão etc.

 

Agora vamos aprender a utilizar esses poderosos compostos na estética.

 

Qual o objetivo de utilizar chás nos tratamentos estéticos?

 

Os chás são verdadeiros compostos, diferente dos complexos herbáticos vendidos, eles são orgânicos, mantendo 100% do ativo (se preparado de forma correta) e carreando esses compostos que atuam para:

 

  • Acelerar o metabolismo;

 

  • Estimular diurese e ciclo da ureia;

 

  • Limpar o intestino (melhorar o trânsito intestinal);

 

  • Melhorar a saúde do fígado;

 

  • Relaxar, aliviar o estresse;

 

  • Antioxidantes;

 

  • Lipolíticos;

 

  • Melhora o aspecto da pele, combate a acne, oleosidade etc.

 

Como associar os chás na estética?

 

A associação vai depender do tipo e objetivo do tratamento que você irá realizar em sua paciente.

Haverão compostos que são mais indicados em sua sessão de relaxante, como o capim santo por exemplo, outros que devemos lançar mão como lipolíticos, exemplo a folha do abacateiro, chá verde, hibiscos, outros estimular diurese, como a camomila, funcho, romã.

 

A indicação sempre será antes da sessão, ou seja, 20 minutos preciosos que você será um profissional diferenciado no mercado, que trabalha sua paciente de dentro para fora.

 

Desintoxicação

 

Você já se perguntou o que é eliminado numa sessão de detox? O que está presente no suor? Só sódio? (como já ouvi muitos professores afirmarem piamente que seria somente sódio que é eliminado com o suor).

 

Vamos tomar consciência de uma coisa, desintoxicação é a eliminação de compostos tóxicos de dentro do organismo.

 

Entre esses compostos, em uma sessão de detox não eliminamos sódio, vai junto alguns catabólicos, segundo Carneiro e Junqueiro, o suor é um composto que contêm pouquíssimas proteínas e muitos catabólicos, como ácido úrico, ureia, amônia, sódio, potássio e cloreto.

 

Quando falamos em detox, estamos falando da estimulação do ciclo da ureia, nosso ciclo metabólico de desintoxicação.

 

A produção da urina, nada mais é que a amônia metabolizada pelo fígado através desse ciclo.

 

Portanto, quando os nutricionistas falam que não existe detox sem água, eles estão falando a verdade.

 

Estimular a diurese fornecendo o composto mais saudável possível é uma das formas de detox mais eficazes.

 

Quer desintoxicar? Tome bastante água.

 

Durante uma sessão de estética, se você pode estimular o ciclo metabólico interno, por que não o fazer?

 

Os chás atuam de forma particular nesse aspecto, por isso nunca devemos deixar de lançar mão dele.

 

Pesquise

 

Antes de colocar um chá aqui e ali, pesquise a finalidade da erva.

 

Estudos comprovam que, ervas associadas são mais eficazes do que sozinhas, então, saiba colocar grupos químicos afins para evitar efeitos adversos.

 

Alguns cuidados:

 

Não podem ficar expostos a luz;

 

Prefira recipientes de porcelana e com tampa;

 

Não utilize os chás de sachês ou em pó, estes perdem seus efeitos, como também não tomar chás com mais de 24hs de prontos porque ele começa a oxidar e gerar espécies reativas;

 

Prefira chás gelados, o intestino absorve mais rápido, mas se preferir quente ou morno pode tomar também;

 

Sempre orientar para a paciente tomar os chás em home care. Para ele ser um composto antioxidante ele necessita ser ingerido todos os dias;

 

Não tomar o mesmo chá por mais de 40 dias, porque assim como um medicamento, ele também vai ser tornando tóxico à medida que você vai tomando por longos períodos (isso para casos de pacientes que tomam o mesmo chá todos os dias);

 

Chá Desintoxicante e diurético

 

*contra indicação: gestantes;

 

Como preparar: aquecer a água, quando ela ferver desligar. Colocar a água num recipiente de porcelana juntamente com as ervas e abafar. Tomar a gosto;

 

Receita 1: calêndula, romã, dente de leão e chá verde;

 

Receita 2: (para pacientes que tenham PA): pata de vaca, dente de leão e carqueja;

 

Colocar um punhado de cada, ou seja, pouca quantidade de cada, fazer um litro e tomar por 40 dias em home care ou, se você é profissional, fazer um litro e disponibilizar para ser tomado antes do inicio da sessão dos seus tratamentos estéticos, garanto por experiência própria que seus resultados serão potencializados.

 

Finalizo aqui esse artigo, espero que possa por em prática um pouco desses ensinamentos, vai se surpreender com os resultados.

 

Essas e outras receitas estão disponíveis no curso de LipomodelagemOrtomolecular®, é uma etapa indispensável da técnica a estimulação do ciclo de desintoxicação e consequentemente diurese da paciente.

 

Maiores informações pelo meu whatsapp: 82 98860-8613 ou email: jeeamorimestetica@hotmail.com

 

 

 

Jeovania

Sobre Jeovania Amorim

Fisioterapeuta Dermato Funcional (Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas), Esteticista e Terapeuta Holística (Humaniversidade), Especialista em Estética e Cosmética (Gama Filho-PE) atualmente acadêmica de Enfermagem (Universidade Federal de Alagoas). Apaixonada pela ciências da saúde, amo cuidar do ser humano como um todo, trato a estética com devoção, terapeuta holística por vocação.